Chegou o Inverno: Prevenção e Cuidados

resfriadaTodo ano, por volta de 21 de junho até o fim do mês de setembro, começa o inverno no hemisfério Sul, e com a chegada da estação mais fria do ano são necessários alguns cuidados com a saúde, principalmente das crianças e idosos. A queda de temperatura, a diminuição da umidade relativa do ar, e ventos frios são os principais causadores de problemas. Gripes, resfriados, alergias, todas essas doenças vem à tona nessa estação.

Uma das principais características do inverno nas zonas tropicais não são os dias frios contínuos, mas sim as ondas de frio, que persistem por três a quatro dias, intercaladas por períodos de temperaturas mais elevadas, e esse trimestre é considerado o menos chuvoso do ano, o que afeta drasticamente a umidade relativa do ar, que em termos simplificados é a quantidade de água em forma de vapor existente na atmosfera em relação à quantidade máxima que poderia existir.

Certos cuidados são necessários quando o inverno chega, e entre eles, evitar permanecer em lugares úmidos, fechados, lidar com papéis, livros e outros objetos que ficaram guardados por muito tempo devido ao acúmulo de poeira, manter arejados os ambientes, livre de poeira e outras formas de sujeira, e antes de usar as roupas de inverno, colocá-las no sol e evitar animais dentro de ambientes fechados, cuidados esses para que se possa manter a integridade física durante a estação mais seca do ano.

Para se manter saudável e evitar problemas durante o inverno, o Doutor Eurico Pereira, clínico geral, afirma que “usar creme hidratante para a pele e evitar confinamentos, proteção corpórea contra baixas temperaturas e manter a pele integra, e se possível utilizar umidificador nos ambientes”.

Outro problema decorrente do clima frio e seco do inverno, principalmente nas cidades mais industrializadas, é o acúmulo de poluentes no ar. A poluição é um fator agravante para os alérgicos, o excesso de partículas suspensas no ar pode causar sérios problemas para aqueles que já são pré-dispostos, e que tenham algum tipo de alergia. “É necessário evitar locais fechados onde haja pessoas com doenças infecto-contagiosas pela facilidade de transmissão de doenças respiratórias nestes locais.” Afirma o Dr. Pereira.

A alimentação também merece cuidados. Durante o inverno, em função do frio e do inevitável aumento do gasto energético, em decorrência da manutenção da temperatura corpórea, é imprescindível que a ingestão de alimentos seja moderada e que se tome muito cuidado com alimentos muito calóricos e no aumento da deglutição. O consumo de líquidos deve ocorrem na mesma frequência que ocorre no verão, pois o corpo deve sempre estar hidratado.

Ao ser questionado da necessidade de cuidados extras com crianças e idosos, Dr. Pereira diz que: “Em relação às crianças devem ser tomados cuidados com lugares fechados pela facilidade de doenças respiratórias, e em relação aos idosos o aquecimento é imprescindível, devido a doenças circulatórias e a manter-se sempre agasalhado por causa da oxigenação nas extremidades”.

Fonte: Sociedade Brasileira de Biometria (www.sbbiomet.com.br)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: